quarta-feira, 18 de abril de 2012

WALL-E


O meio ambiente tem grande importância na vida dos seres humanos. Dele extraímos os recursos para a nossa sobrevivência, como a água, comida (animais, vegetais). Sem falar de sua influência na economia, política, etc.
Devido ao uso abusivo que estamos fazendo dele, várias consequências estão aparecendo como desertificação, causada pelo desmatamento, queimadas, extinção de espécies da fauna e da flora.
A terra pede socorro, a natureza está reagindo às agressões e o ser humano poderá “pagar caro” pelas consequências que causa ao meio ambiente. Podemos refletir sobre o exemplo dessa catástrofe através de um filme da Pixar Studios, chamado WALL- E que nos chama atenção por sua crítica no impacto ambiental que o ser humana causa na terra.

video



Tudo na realidade gira em torno do fato da Terra estar cheia de lixo e totalmente poluída com gases tóxicos da atmosfera. Sendo assim a humanidade foi morar no espaço, em uma enorme nave com a intenção de que após alguns anos eles voltariam para novamente viver no planeta após milhares de robôs limparem a Terra incansavelmente. Porém apenas um permaneceu vivo, o Wall-E. O mesmo se conservou por trocar suas peças, guardar objetos que encontrava no meio do lixo, e utilizar o que encontrava para seu beneficio, além de trabalhar todos os dias com o objetivo de limpar o planeta, a procura de algum ser vivo. Até que certo dia uma nave surpreende Wall-E trazendo um robô moderno  e atualizado, a Eva. É amor a primeira vista, e assim as aventuras se iniciam.

quinta-feira, 15 de março de 2012




As cidades desempenham um importante papel, tanto como provedoras de emprego, moradia esse serviço, quanto como centros de desenvolvimento cultural, educacional e tecnológico, porta de acesso para o resto do mundo, centros industriais de processamento de produtos agrícolas e manufaturados e lugares onde se gera renda. Há um forte e positivo vínculo entre os níveis nacionais de desenvolvimento humano e os níveis de urbanização. Entretanto, um crescimento urbano acelerado implica desemprego crescente, degradação ambiental, escassez de serviços urbanos, sobrecarga da infraestrutura existente e falta de acesso a terra, a renda e a moradia adequada.
A pobreza é um dos principais agentes da degradação ambiental. Os pobres das cidades, impedidos de ter acesso aos escassos recursos naturais do meio urbano ou de se proteger das condições ambientais adversas, são mais afetados pelos impactos negativos da urbanização.
Um dos maiores problemas ambientais nas cidades é a carência de um sistema de saneamento adequado, o que leva não apenas à morte e contaminação de ecossistemas inteiros, mas aumentam os casos de doenças e a mortalidade, especialmente de crianças e idosos, pois o lixo é a casa ideal de vetores transmissores de doenças como ratos, baratas, mosquitos, etc. 

domingo, 11 de março de 2012


A Rio+20 é  conhecida porque marca os vinte anos de realização da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento (Rio-92) e deverá contribuir para definir a agenda do desenvolvimento sustentável para as próximas décadas. A conferência será realizada de 13 a 22 de junho de 2012, na cidade do Rio de Janeiro. 

A Conferência terá dois temas principais:

Ø  A economia verde no contexto do desenvolvimento sustentável e da erradicação da pobreza; e.
Ø   A estrutura institucional para o desenvolvimento sustentável. 

O objetivo desse projeto é reunir vários administradores que trabalham nesta área para apresentar seus projetos  de criação e desenvolvimento de programas que buscam melhorar ou revitalizar certos aspectos (como qualidade de vida da população) dentro de uma dada área urbana (comocidades ou vilas); ou do planejamento de uma nova área urbana em uma dada região, tendo como objetivo propiciar aos habitantes a melhor qualidade de vida possível.